Ler com José Carlos Teixeira Moreira

José Carlos Teixeira Moreira é um dos grandes especialistas em marketing do Brasil. Ao longo das últimas décadas fundou e dirigiu uma consultora, um instituto de investigação e uma escola para executivos, todos estes projetos no âmbito do B2B Marketing Industrial, do qual foi percursor. É ainda o criador e condutor do Fórum de Marketing Industrial e edita uma revista sobre o mesmo tema. Autor dos livros Foco do Cliente e Usina de Valor, falou com a CEO Store sobre as suas sugestões de leitura.
 
 
Qual a importância dos livros na sua vida?

Tenho a leitura como um dos maiores bálsamos para me inspirar no dia a dia. Leio continuamente uma série de artigos escritos por pessoas que admiro e escolho livros que possam emoldurar, com mais profundidade, os temas que me fazem sentido. Dentre os autores que me tocam muito nesse momento ressalto Seneca, principalmente sob a questão da ética e no campo da filosofia, com forte traço existencial, a Alma Imoral e A Cabala e a Arte de Manutenção da Carroça, ambos do rabino Nilton Bonder.

 

Qual é o papel dos livros hoje na formação de executivos?

Os livros têm sido referências importantes para muitos lideres executivos, no entanto, graças à facilidade e conforto do mundo digital muitos estão aderindo ao Kindle e a LiveEAD com os autores. Podcasts, produzidos por estudiosos e consultores de renome têm tido também uma grande audiência nesse meio.

 
 
Quais são para si três livros geniais que se aplicam ao Marketing Industrial?

Os principais livros de Marketing que me inspiraram a construir e registrar o continente de Marketing Industrial, hoje também conhecido como B2B, aqui no Brasil, foram A Imaginação de Marketing, de Theodore Levitt, Made in Japan, do brilhante Akio Morita e uma série de artigos e publicações de Peter Drucker e do mestre e professor Raimar Richers.

 
 
Indique um dos livros que mais o marcou e porquê.

Sem dúvida alguma o livro que mais me marcou na vida foi Grande Sertões Veredas, do incrível Guimarães Rosa. Um segundo que, aliás, merece ser lido por todos nós é o Sociologia do Comércio de Fernando Pessoa.

 
 
Quais os mais difíceis desafios que enfrenta na Pandemia e em que medida os livros podem ajudar?

Acredito que a pandemia nos trouxe a chance de refletirmos mais sobre a vida e a fragilidade do amor humano. Os livros que de uma forma ou de outra consideram essa questão têm sido extremamente poderosos para nos ajudar no Esperançar diante disso tudo.

 
 
Quais as principais barreiras à sua escrita? O que lhe cria mais dificuldades?

Realmente eu não tenho sentido muitas barreiras em colocar no papel as minhas ideias. Fui muito amparado pelos meus pais, desde pequeno, no sentido de ler e escrever levando em conta a propriedade dos termos e isso, sem dúvida alguma, colocou-me mais a vontade. Talvez uma barreira emocional, que por momentos atinge quem escreve, seja um exagerado espírito crítico que acaba por se traduzir num filtro de sutilezas e detalhes que, de outra forma, enriqueceriam mais as narrativas.

 
 
Qual o livro que está a ler neste momento?

Estou lendo, num ritmo possível, a obra de Peter Thiel, De Zero a Um, sobre empreendedorismo no Vale do Silício.

 

Salvo indicação em contrário, as promoções apresentadas são válidas para o dia 12-05-2021.

CEO Store

Quem somos Contactos

Redes Sociais

LinkedIn

Newsletter

Ao aceitar está a concordar com a utilização dos seus dados pessoais para receber, por email e/ou SMS, comunicações relativas a notícias, campanhas, produtos e eventos organizados pela CEO Store, nos termos da nossa Política de Privacidade que declara ter consultado previamente.